Indicadores

R$ 1.045,00

b_sal_reg
R$ 1.294,34
b_sal_fam
R$ 46,54 (para quem ganha
até R$ 907,77)
R$ 32,80 (para quem ganha
de R$ 907,77 até R$ 1.364,43)
R$ 0,00 (para quem ganha
acima de R$ 1.364,43)
b_desc_inss
Salário até R$ 1.045,00
desconto 7,5%
De R$ 1.045,01 até R$ 2.089,60
desconto de   9%
De R$ 2.089,61 até R$ 3.134,00
desconto de   12%
De R$ 3.134,41 até R$ 6.101,06
desconto de   14%
Teto do salário de contribuição
R$ 6.101,06
 
 

 banner-informativo-75

saude-trabalhador

 

confira-resultados-pre-olimpico-2019

PostHeaderIcon Protestos e atividades culturais marcaram o 1º de maio em Santa Maria

03-05-2019As celebrações do dia do trabalhador ocorreram no Bairro Nova Santa Marta

O Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias e Cooperativas da Alimentação de Santa Maria e Região – SINTICAL, participou das atividades alusivas ao dia do trabalhador, na quarta-feira (01/05). O evento foi promovido pela Frente Brasil Popular - Regional Centro e pelo Movimento Nacional de Luta pela Moradia.

O ato político/cultural que ocorreu na Área Verde do Alto da Boa Vista, no Bairro Nova Santa Marta, teve início na primeira hora da tarde e se estendeu até às 19 horas.

Entre as atrações, destacaram-se, além das intervenções dos movimentos populares e sindicais, várias atividades culturais e musicais. Contou ainda, com orientações sobre dúvidas jurídicas e cálculo de aposentadorias, através de advogados, assessores do SINTICAL. O sindicato montou também uma banca para coletas de assinaturas, em defesa da previdência social e das aposentadorias.

As lideranças presentes se revezaram ao microfone, questionando a proposta do Governo Federal para a reforma da previdência, que só beneficia Bancos e empresas privadas de previdência e prejudica principalmente os mais pobres. Fizeram também, um chamamento para o fortalecimento da resistência e à construção da greve geral, proposta pelas centrais sindicais.03-05-2019-2

    A escolha do local se deu em razão do Bairro Nova Santa Marta se caracterizar como símbolo de luta por moradia, desde a ocupação ocorrida no dia 07 de dezembro de 1991. Trata-se de uma das maiores ocupações urbanas da América Latina e conta com cerca 25 mil habitantes.

    A categoria da Alimentação esteve representada por dirigentes, assessores jurídicos, funcionários e associados do sindicato.