Indicadores

R$ 998,00

b_sal_reg
R$ 1.251,78
b_sal_fam
R$ 46,54 (para quem ganha
até R$ 907,77)
R$ 32,80 (para quem ganha
de R$ 907,77 até R$ 1.364,43)
R$ 0,00 (para quem ganha
acima de R$ 1.364,43)
b_desc_inss
Salários até R$ 1.751,81
desconto de   8%
De R$ 1.751,81 até R$ 2.919,72
desconto de   9%
De R$ 2.919,73 até R$ 5.839,45
desconto de   11%
 
 

 saude-trabalhador

 

pre-olimpico-2018

PostHeaderIcon SINTICAL convoca categoria para barrar a lei da Reforma Trabalhista

anula-reforma-capaA lei da Reforma Trabalhista de Michel Temer, que acaba com os direitos trabalhistas, entrará em vigor no dia 11 de novembro de 2017. Para impedir que esta lei nefasta passe a valer, a CUT lançou a campanha nacional pela anulação da reforma, cujo principal instrumento é um abaixo-assinado em apoio ao Projeto de Lei de Iniciativa Popular (PLIP) que revoga a lei da reforma aprovada por Temer.

Trabalhadores e trabalhadoras, de todas as categorias, estão convidados a participar da campanha. Para isso, basta assinar o formulário de apoio ao PLIP, na sede I do SINTICAL ou na banca de coleta de assinaturas que a entidade mantém na Praça Saldanha Marinho, centro de Santa Maria, ou ainda em outro comitê da campanha.

Screenshot 1 Screenshot 2 Screenshot 3

A coleta de assinaturas deve se estender até o dia oito de novembro, data limite para atingir o número suficiente de assinaturas - 1% do eleitorado brasileiro.

O Projeto de Lei de Iniciativa Popular para anular a Reforma Trabalhista deve ser protocolizado, no dia 9 de novembro, na Câmara Federal, em Brasília. A entrega do projeto será feita por representantes de uma grande caravana nacional formada pelas regionais da CUT e sindicatos filiados, para passar, então, pelas votações dos deputados e dos senadores.

Converse com seus colegas de trabalho, vizinhos, amigos e familiares. Vamos juntos barrar a lei da reforma trabalhista e impedir que Temer e seus aliados destruam os direitos dos trabalhadores!

Screenshot 4 Screenshot 5 Screenshot 6 Screenshot 7


Lançamento da campanha em Santa Maria

Diretores e diretoras do SINTICAL estiveram presentes no lançamento da campanha pela anulação da reforma trabalhista, em Santa Maria. O ato ocorreu dia dois de outubro, na Câmara de Vereadores, com a participação do presidente da CUT/RS, Claudir Nespolo, o presidente da FTIA/RS, Valdemir Corrêa, o deputado Valdeci Oliveira (PT), e representantes de entidades sindicais de Santa Maria, Marau, Cachoeira do Sul, Rosário do Sul e Livramento.