Indicadores

R$ 937,00

b_sal_reg
R$ 1.229,47
b_sal_fam
R$ 44,09 (para quem ganha
até R$ 859,88)
R$ 31,07 (para quem ganha
de R$ 859,89 até R$ 1.292,43)
R$ 0,00 (para quem ganha
acima de R$ 1.292,44)
b_desc_inss
Salários até R$ 1.659,38
desconto de   8%
De R$ 1.659,39 até R$ 2.765,66
desconto de   9%
De R$ 2.765,67 até R$ 5.531,31
desconto de   11%
 
 

perigsintical.jpg

pre-olimpico-2017

 

 




PostHeaderIcon Vitória de Temer é duro ataque à democracia

Embora não tenha sido surpresa, a vitória de Michel Temer com a aprovação do relatório do Abi-Ackel (PSDB-MG), na Câmara dos Deputados, dia 2 de agosto, causa enorme indignação a entidades e lideranças sindicais que tem ocupado as ruas para denunciar o desmonte dos direitos dos trabalhadores. Essa é a posição do SINTICAL que, reiteradamente, tem fortalecido as mobilizações populares para combater as reformas em curso de um governo ilegítimo que tem se perpetuado no poder à custa da compra de votos dos parlamentares.

 

PostHeaderIcon Curso de Formação: diretores do SINTICAL discutem reforma trabalhista

Diretores do SINTICAL participaram de curso de formação sobre a reforma trabalhista dia quatro de agosto no auditório da sede I da entidade. O curso foi ministrado pelo presidente do Sindicato da Alimentação de São Borja, Hugo Chimenes. O sindicalista abordou a Lei 13.467 de 13 de julho de 2017, que altera a Consolidação das Leis do Trabalho - CLT, provocando inúmeras mudanças negativas nas relações de trabalho.

Entre os vários pontos apresentados por Chimenes está o teletrabalho (prestação de serviços preponderantemente fora das dependências do empregador, com a utilização de tecnologias de informação e de comunicação que, por sua natureza, não se constituam como trabalho externo); o trabalho intermitente (contrato de trabalho no qual a prestação de serviços, com subordinação, não é contínua, ocorrendo com alternância de períodos de prestação de serviços e de inatividade, determinados em horas, dias ou meses, independentemente do tipo de atividade do empregado e do empregador) férias parceladas; terceirização e redução da pausa para descanso durante a jornada de trabalho.

 

PostHeaderIcon SINTICAL integra marcha histórica contra Temer em Brasília

00001Em mobilização histórica no dia 24 de maio, mais de 200 mil pessoas marcharam sobre Brasília exigindo a saída de Michel Temer, a convocação de eleições diretas e protestando contra as reformas da Previdência e Trabalhista. O "Ocupa Brasília", organizado por todas as centrais sindicais, contou com a participação massiva do ramo da alimentação do Estado. A caravana da alimentação superou 100 pessoas, entre trabalhadores e dirigentes, entre os quais os diretores do SINTICAL, Rogério Aguirre, Barlan Nunes Duarte e Getúlio Pahim.